ORTOPEDIA: Como recuperar-se psicologicamente de uma lesão músculo-esquelética?

ORTOPEDIA: Como recuperar-se psicologicamente de uma lesão músculo-esquelética?

27/10/2019 Não Por Dr. Santiago Castillo Avila

Acessos: 77

Confira estas dicas para regressar ao jogo

Quando você se machuca, independentemente da gravidade da lesão, a recuperação tem dois elementos estreitamente ligados: O físico e o mental.
A maiorias das vezes, as pessoas esquecem a necessidade  de se recuperar mentalmente. O dano emocional resultante da lesão invariavelmente vai muito além da recuperação física.

Depois de sofrer uma lesão, traumática ou por doença, o individuo fica limitado em fazer certos tipos de actividades . Psicologicamente isto pode ser devastador se não mudar de actitude. Felizmente existem várias formas, comprovadas cientificamente,  de permanecer  mentalmente positivo enquanto recupera a condição física.

Veja algumas dicas derivadas da minha experiência como medico e como alguém que já ficou machucado:

1. Pratique gratidão. Embora seja difícil lidar uma lesão, deve agradecer o facto de ainda estar vivo. Por outro lado agora você a possibilidade de fazer outras actividades que não foi capaz de fazer antes por falta de tempo. Tempo é algo que não vai faltar agora

2. Mude sua perspectiva. Coloque o tempo e a energia que você usaria normalmente para exercitar-se em recuperar-se. Algo muito importante, porque você está descansando não significa que é improductivo. Descansar permite curar mas também permite criar intelectualmente, o que é produtivo.

3. Mantenha um diário. Sim, se você se sentir preocupado quando sentir dor, mantenha um diário da dor. Registe o comportamento dela. Foi embora rápido, demorou hoje um pouco mais? Quanto tempo levou? O que você fez para ela diminuir? Essa estratégia pode funcionar e aumentar a confiança na sua recuperação.

4. Estabeleça metas. A diferença entre etapas e obstáculos esta no objectivo final.  Se matem a atenção no objectivo final, neste caso sua recuperação, cada obstáculo no percurso da cura, será visto como uma etapa a ultrapassar. Defina metas novas para si mesmo. Se você definir metas ficará feliz quando começar a alcançá-las.

5. Concentre-se nas coisas que você pode controlar. Por exemplo, a dieta, a hidratação, os analgésicos. Dependendo da lesão, você também pode encontrar maneiras alternativas de se exercitar. Se você tiver uma lesão no braço, tente fazer mais trabalho nas pernas, como agachamentos peso corporal. Se você machucar a perna, tente trabalhar os braços. Fazer essas coisas ainda permite que você faça algum tipo de exercício e não perca todo o trabalho feito ao recuperar o peso, isso mantém sua mentalidade positiva.

6. Encontre um hobby. _Direccione sua energia para outra coisa que você goste, como cozinhar, escrever um blog, fazer um curso no Youtube, etc.

7. Medite. Ficar concentrado na respiração acalma o sistema nervoso e reduz o estresse.

8. Cumpra o programa de reabilitação. Fazer mais reabilitação do que o recomendado não o cura mais rapidamente, e fazer menos do que o recomendado pode atrapalhar sua recuperação.

9. Não se isole. Tente manter sua rotina social normal o máximo possível. Se você ainda estiver comunicando e socializando regularmente a família e os amigos, não se sentirá tão deprimido.

10. Mantenha-se positivo. Saiba que qualquer assunto em que nos fixamos o nosso cérebro tem tendência a magnificar-se. Por vezes o dano psicológico consecutivo a uma lesão tecidual perdura mesmo depois da cicatrização.