Ecografia, Ortopedia Pediatrica

A ecografia no diagnostico de fracturas em crianças.

A ultrassonografia é útil no diagnostico das fracturas em crianças e tem uma precisão superior a 90 por cento, disse a doutora Ingrid Rabach, do IRCCS Burio Garofoldo, Trieste, Itália.

A ultrassonografia permite realizar uma avaliação com alta resolução do córtex ósseo, sem exposição a raios ionizantes. Vários estudos demonstram que médicos das urgências, com treinamento adequado, conseguem diagnosticar facilmente fracturas pediátrica.

A equipe da Dra Rabach avaliou a precisão da ultrassonografia realizada por um radiologista experiente. Com a  radiografia comum (2,6 por paciente) diagnosticou uma fractura em 79 meninos (38,7 por cento), conforme publica a equipe no Arquive of Disease in Childhood.

Exame ecográfico numa criança com suspeita de lesão na fise distal do fémur esquerdo
Exame ecográfico numa criança com suspeita de lesão na fise distal do fémur esquerdo

Quando outros radiologistas revisaram as fracturas com o ecógrafo, as identificaram  com uma sensibilidade de 91,7 por cento, e uma especificidade de 97,6 por cento (versus as radiografias), com um valor positivo de 96 por cento e um valor negativo de 94,6 por cento relativamente ao prognostico.

Nas urgências, a ultrassonografia proporcionou resultados similares: sensibilidade de 91,5 por cento, especificidade de 96,8 por cento, valor predictivo positivo de 94,7 por cento e valor predictivo negativo de 94,8 por cento. A coincidência entre os resultados que obtiveram ambos os grupos de especialistas foi excelente.

“Nossa experiência indica que o exame com ultrassonografia é rápido (3 minutos), seguro  e sem stress significativo nos meninos -assinalam os autores-.

Com a técnica de imersão em agua, se maximiza a visualização dos tecidos. A água por outro lado, alivia a dor e evita o contacto direito da zona lesada com o transdutor”.

“Nos casos em que o exame físico não sugere uma fractura, se a ultrassonografia  for negativa, pode se evitar fazer uma radiografia -disse Rabach-, todavia nos casos em que se detecta uma fractura com o ecógrafo, recomendamos fazer uma radiografia  para definir melhor o tratamento”.

Eu utilizo a mais de 10 anos meu ecógrafo portátil para diagnosticar fracturas nas crianças. O método tem sido muito eficaz em fracturas de ossos longos e vital  na detenção de liquido intra-articular. Nas fracturas em rodete ou  nas fissuras, nem peço radiografias complementarias. Embora meu ecógrafo não tem uma resolução muito famosa, a imagem tem suficiente qualidade para diagnosticar este tipo de lesões.

Tagged , , ,

About Dr. Santiago Castillo Avila

Ortopedia e Traumatologia |Consultório CMA-Talatona. |Tel: 935-556-684| Luanda. Angola
View all posts by Dr. Santiago Castillo Avila →

Deixe uma resposta